Seguro Desemprego Novas Regras: Parcelas, Valores, Solicitação

Seguro Desemprego Novas Regras devido a nova política econômica contracionista do governo Dilma tem buscado cortar gastos tanto quanto é possível para evitar um novo déficit no final do ano, ou pelo menos minimizá-lo. Sendo assim, alguns benefícios concedidos à população sofreram algumas alterações, visando o meio termo – nem cortar totalmente o benefício, mas reduzi-lo a um ponto tolerável e que não deixe a população sem apoio em momentos de dificuldade. Um exemplo é o seguro desemprego.

Seguro Desemprego Novas Regras

Seguro Desemprego Novas Regras

Seguro Desemprego Novas Regras Como funciona

Agora, para fazer o primeiro pedido do Seguro Desemprego Novas Regras, o trabalhador deve ter trabalhado pelo período mínimo de doze meses (considerando o prazo dos 18 últimos meses). Para pedir pela segunda vez, o prazo mínimo é de nove meses, seguindo a mesma lógica que se usa para fazer o primeiro pedido. Antes das mudanças, o trabalhador poderia fazer qualquer pedido com seis meses trabalhados.

Seguro Desemprego Novas Regras

Seguro Desemprego Novas Regras

Para o trabalhador rural foi vetado o benefício de continuar podendo pedir o seguro com seis meses, mas esta decisão ainda não é definitiva. No que se refere ao valor que o trabalhador recebe, são quatro mensalidades no caso de ter trabalhado por um período mínimo de doze meses e um período máximo de 23 meses, considerando o prazo dos últimos 36 meses. Caso o trabalhador tenha trabalhado 24 meses, poderá receber 5 parcelas.

Seguro Desemprego Novas Regras Cálculo

O cálculo do valor do Seguro Desemprego que o trabalhador tem direito deve ser feito seguindo os moldes do Ministério do Trabalho, que considera a média salarial do funcionário nos últimos três meses que antecedem sua demissão. Em caso de salário fixo, o cálculo é mais simples, pois baseia-se na quantia equivalente que o trabalhador recebe em todos os meses. Para os salários que variam (devido a comissões e métodos específicos das empresas em questão) deve-se somar o salário dos últimos três meses e dividir por três. Segundo cálculos do governo, o valor máximo que será pago de benefício por mês não excederá mil e trezentos reais.

Seguro Desemprego Novas Regras

Seguro Desemprego Novas Regras

Seguro Desemprego Novas Regras Solicitação

Para solicitar o seguro desemprego pela primeira vez, o trabalhador deve comprovar o recebimento de salário dos doze meses trabalhados. Os comprovantes podem ser de salário pago a pessoa física ou a pessoa jurídica. Para solicitar o benefício pela segunda vez, é necessário que se comprove salários recebidos durante nove meses dos doze contados antes da dispensa, permitindo o direito a 3 parcelas do seguro. Não há necessidade que este período seja consecutivo, mas o prazo mínimo deve ter sido trabalhado e sua comprovação deve ser apresentada.

One Response

Deixe seu Comentário